Home » A cidade » Lenda Urbana – A moça que dançou com o Diabo

Lenda Urbana – A moça que dançou com o Diabo

dance_with_the_devil_by_choboroy

No cruzamento entre rua Major José Inácio e a Ruy Barbosa, havia uma casa de uma bela moça, a filha do Major Simão, que adorava dançar. Certa vez, em uma sexta-feira santa, ela resolveu fazer um baile de carnaval. Seus pais foram contra: fazer uma festa em um dia tão simbólico era um pecado. Ela os afrontou, chamou a cidade toda e às nove horas, a casa estava repleta de convidados.

Um destes convidados se destacou aos olhos da anfitriã: elegante, belo, trajando um chapéu e um par de esporas. Depois de passar a noite cortejando a filha do Major, ambos começaram a dançar e também a incomodar muito os pais da garota. Em certo momento, depois de muitos olhares contrários, ele resolveu se despedir da garota com um educado gesto, mas demonstrou uma coisa terrível, ao levantar seu chapéu, todos viram que ele tinha um par chifres, era o próprio Diabo. Em em meio a uma nuvem de fumaça, ele desapareceu dali e o pânico foi instaurado: gritos, pânico e tumulto.

Dizem que a moça enlouqueceu, nunca mais voltou ao normal, morreu dias depois e seu corpo foi enterrado no cemitério municipal, onde ainda existe seu túmulo.

 

Verdade ou lenda… deixe seu comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*